domingo, 27 de fevereiro de 2011

Mãe não morre engasgada!

Vocês vão dizer que está muito esquisito e impactante não é mesmo? Mas minha mãe sempre dizia a frase ai de cima e pelo que entendo ela queria dizer que mãe não tem tempo nem de comer e quando arruma um tempinho é tao curto que impossivel o engasgue, se houver outras interpertações me avisem.
E tem subtítulos do tipo:Ser mãe é não ter tempo de pensar, chorar e outras coisas do gênero!
As vezes você tem inúmeras coisas pra reorganizar no seu pensamento, muitos "is" pra serem pontuados, angústias a serem resolvidas, choros engasgados a semanas e tudo isso vem a tona no fim da tarde de um sábado ensolarado, mas você, mãe, tem outras respostas a dar, respostas tipo, "Mama os dinossauros eram maiores que os prédios?
-Sim querida eram muito grandes.
E eles esmagavam os prédios com seus pés enormes?
-Não querida não havia prédio naquela época.
E eles eram brasileiros? Gauchos? Itaquienses?
-Mas que diferença faz criatura se eram Afegãos, Capixabas ou Soteropolitanos? Eles ja eram!
Vá logo escovar seus dentes isso sim!
Conte mãe! Até mil.
Já pesquisei com várias amigas minhas, e ta aí uma situação que uma mãe quer sair gritando porta a fora pra não sei onde e ficar lá até não sei quando.Ai atire a primeira pedra a mãesinha que nunca sentiu isso. E não quer dizer que não amo demais, muito muito minha pequenina, só quer dizer que mãe é não é super herói, que mãe precisa de tempo as vezes.
Outro subtítulo. Ser mãe é padecer no circo.
Era um circo antigo que vi quando tinha seis anos. Lá fui eu pra fila do circo na sexta a noite com a filhota e mais cinco amiguinhas.
Começa o "espetáculo", o palhaço expõe as piadas mais sem graça que o salário mínimo dos brasileiros enquanto isso eu refletia sobre o que aquele palhaço pensava ali enquanto falava aquele monte de bobagem, pensava na contas a pagar, na briga com a filha que teve horas atras, no buraco que abriu na lona velha do circo.
O pior foi a maça do amor, quis colocar um pouco de romantismo naquilo tudo mas foi em vão, o marido da dona da maça do amor com certeza havia fugido com a trapezista! Estava terrível!
Ta!Ta...eu sei, está faltando um pouco de romantismo né!Mas as pequenas coisas do dia a dia que são enormes, que são lindas.Amei as gargalhadas da Antonia naquele dia.
Amo por exemplo ficar com minha pequenina a noite deitada uma de frente pra outra nos perguntando, "ta feliz?".Amo preparar o lanche dela e as 17h pegar ela na porta da sala perguntando "como foi a aula de hoje?".De noite juntar minhas mãos nas maosinhas dela pra rezarmos anjo bom.É tudo pra mim, quando ela acorda e me diz "bom dia flor do dia!".Amo ver ela dançando, sorrindo, brincando, isso tudo me faz tão feliz!
Só toquei nestes subtítulos pra constatar mais uma vez que ser criança é tudo de bom, é não preocupar-se com nada, muito menos com a situação financeira e familiar do palhaço do circo e da fuga do cônjuje da tia da maça do amor com a trapezista 30 anos mais nova.
Sem ilusionismo...Ser criança é mágico!

Tempo pra escrever este texto? 00:57 da madrugada enquanto cuido pra não me engasgar com o lanche que como.




Nana
27/02/2011

9 comentários:

  1. Perfeito o texto, Nana! Sou mãe e sei muito bem o que esta frase significa. Grande beijo, aparece lá no blog!

    ResponderExcluir
  2. Oii..

    Tem selinhoo especial pra vc no meu blog,
    beijooos

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/03/100-seguidores-o.html

    ResponderExcluir
  3. Oi! Adorei seu Blog e gostaria de lhe pedir pra ver o meu também quando tiver um tempinho. Vou desenvolver selos também e o primeiro vou oferecer para blogs super femininos como o seu, corre e dê uma olhadinha?

    meu blog:
    http://desenhadinho.blogspot.com

    pegue o selinho aqui:
    http://desenhadinho.blogspot.com/p/selos.html

    ResponderExcluir
  4. Oii Nana,
    tudo bem..

    o selinhoo é esse aki do link
    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/03/100-seguidores-o.html

    ai funciona assim,
    vc posta o selo, com as as perguntinhas,
    que vem com ele...
    é só entrar na minha página que vc vai ver,

    beijoos, linda

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto. Uma gracinha...

    www.desenhadinho.com

    P.S: E obrigado por aceitar o selinho!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. adorei o texto,mas tenho outra sugestão para a frase...mãe não morre engasgada...
    qdo agente tem tempo pra comer, vem teu filhote e diz...dá um pedacinho, o teu sempre é melhor.
    kkkk

    bjokas.

    ResponderExcluir
  7. Nana,
    como sempre, lindo texto!
    esse me toca profundamente, pois como mae que ama demais nunca tenho muito tempo pra mim. e esses momentos citados são mágicos na vida da gente e pena q eles passem tão rápido. os meus "meninos" já n querem ir no circo, nem no parque, nem rezar de mãos juntinhas...acham que já cresceram...mas, tudo que vivemos também estará presente na memória deles.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá! Tudo bem?
    Adorei tudo por aqui, agradeço sua presença aconchegante no meu cantinho.
    É um prazer estar aqui, e é por aqui que vou ficar.
    Bjos e bom fim de semana...

    ResponderExcluir

Blogs que sigo!